search

CIGAM  /  Blog  /  Artigos

ERP na saúde

Software faz diferença na gestão de equipamentos e medicamentos hospitalares

Foto de 'Redação' Por Redação

ERP na saúde

A organização de todos os setores de uma empresa é um passo primordial para o crescimento dos negócios, e não é diferente nas empresas de saúde, que geram equipamentos e medicamentos hospitalares. Com a pandemia da Covid-19, acenderam-se alertas sobre diversos gargalos nos sistemas de empresas que lidam com o segmento hospitalar, e o aprimoramento da gestão e da tecnologia se mostrou ainda mais urgente e necessário, para promover assistências de forma célere.

 

Por se tratar de uma área essencial para a população, seja em âmbito público ou privado, a gestão das empresas que lidam com os insumos para a saúde deve ser cuidadosa, eficaz e prática. Por isso, a automatização de processos se faz necessária, com softwares e sistemas adaptados, conforme aponta especialista.

O ERP vem sendo cada vez mais utilizado como principal ferramenta tecnológica na organização das empresas hospitalares

Tal sistema pode ser implementado no controle do material hospitalar, além de oferecer uma visão macro da empresa. O ERP é constituído por módulos que integram todos os setores, consequentemente, a ferramenta cria uma forma mais eficiente de comunicação, automatizando assim todo o processo envolvido para controle dos materiais e atendimento das demandas legais particulares do segmento.

 

O executivo comercial da CIGAM no Distrito Federal e em Goiás, Gustavo Macedo, destaca alguns fatores importantes para a avaliação da necessidade de implementação de um ERP na empresa de saúde.

 

?A dificuldade para acesso à informação, falta de padrão para execução das atividades diárias, retrabalho, inconsistência de dados e crescimento da operação, são alguns fatores que precisam ser avaliados no momento da tomada de decisão para implementação do ERP, visto que a ferramenta é capaz de integrar a gestão, agilizando as providências com monitoramento das informações para tomada de decisão em tempo real?, explica.

ERP Low Code

O especialista destaca, ainda, que o ERP com a tecnologia low code é uma escolha ainda mais estratégica para o empreendimento, tendo em vista que se trata de uma solução mais ágil e eficaz o que, em curto prazo, contribui para o negócio como um todo. Tal sistema é desenvolvido sob medida para cada empresa e influencia diretamente na transformação digital e sucesso do negócio.

 

?A tecnologia low-code é caracterizada pelo desenvolvimento em baixa programação, o que torna o desenvolvimento mais ágil e, por consequência, gera uma série de benefícios, como o aumento de produtividade, flexibilidade na criação de projetos, redução de custos e a certeza de que o cliente terá uma tecnologia para apoiá-lo no processo de transformação digital, com o objetivo de atendimento a real necessidade de cada empresa para gestão e crescimento de uma maneira escalável?, ressalta Macedo.

Ferramenta CRM

O executivo comercial da CIGAM no DF e em Goiás, Gustavo Macedo também destaca que através do módulo CRM ? Customer Relationship Management ? a empresa terá o gerenciamento de informações dos clientes.

?Com dados de últimas compras, produtos mais vendidos, responsável de cada setor do cliente e diversas outras informações, facilitando para criação de ações para cada perfil de cliente e, assim, estreitando ainda mais o relacionamento com toda a carteira?, conclui.

Usamos cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao continuar navegando, você concorda com o uso dos cookies. Leia nossa política de privacidade para saber mais.

whatsapp Vendas por WhatsApp

Fale conosco no WhatsApp