Solicite uma proposta

Home / Institucional / Tecnologia Low-Code Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Twitter Compartilhar no Pinterest Compartilhar no LinkedIn Compartilhar no Facebook

Tecnologia Low-Code

ERP Low-code, o que é e porque você precisa investir nisso hoje!

Na Era da Transformação Digital, desenvolver sistemas com agilidade se tornou essencial para as empresas responderem as demandas e imprevistos do mercado. Com a pandemia, o Low-Code ganhou força como uma tecnologia aceleradora, que permite que os processos sejam atualizados de forma imediata. Tal tecnologia possibilita criar e entregar aplicações utilizando as melhores práticas em linguagens de programação, de forma fácil, ágil e em um curto período!

Low-Code x No Code

Diferente da plataforma Low-Code que se caracteriza pelo desenvolvimento em baixa programação, na plataforma No Code nenhum código ou teste é necessário, o que torna o desenvolvimento mais ágil e acessível para qualquer pessoa com noções básicas na criação de aplicativos. Entretanto é importante frisar que o desenvolvimento em No Code tem seu foco voltado para solucionar necessidades específicas.

 

O fato que as plataformas Low-Code/No Code contam com uma série de benefícios como: aumento da produtividade das equipes, flexibilidade na criação de projetos, redução de custos e mais autonomia para a empresa.

O que é Low-Code?

O termo Low-Code foi criado em 2014 pela consultoria Forrester Wave para denotar plataformas que tinham interfaces de desenvolvimento baseadas em Graphical User Interface (GUI). Ou seja, elas permitem um trabalho de codificação sem a necessidade de conhecer a linguagem de programação em si, tornando o desenvolvimento mais fácil e rápido.

 

Em tradução, a palavra Low-Code refere-se a uma plataforma de desenvolvimento de código baixo que gera altos ganhos de produtividade e visa tornar a programação para o desenvolvimento de software mais fácil e rápida do que o método tradicional de codificação, pois o Low-Code minimiza a codificação por meio de modelos pré-definidos, com técnicas de design gráfico, como o drag and drop (arrasta e solta) e ferramentas simplificadas para os programadores desenvolverem aplicativos ou softwares com pouca ou nenhuma programação manual.

 

Desta forma, é possível reduzir ao máximo a escrita de código e desenvolver aplicações modernas de forma visual e intuitiva e é isto que vem chamando a atenção de muitas empresas pois uma plataforma low-code simplifica o processo de desenvolvimento e abre espaço para que o setor de TI possa explorar as possibilidades de criar um aplicativo ou software que seja específico para seus diferenciais ou serviços oferecidos.

O que é ERP Low-Code?

O ERP Low-Code é uma escolha estratégica que chega em um momento em que as empresas precisam desesperadamente ser mais ágeis e usar um ERP para diferenciar seus negócios. O ritmo dos negócios, a falta de profissionais qualificados, a capacidade de ajustar modelos de negócios, combinações de produtos e novos serviços ao cliente nunca foram tão intensos e alguns sistemas de ERP simplesmente não conseguem mais dar conta, especialmente neste novo mundo de forças de trabalho remotas.

 

O desenvolvimento de sistemas de gestão com plataformas mais antigas requer mais conhecimento técnico e treinamento do que plataformas de aplicativos low-code/no code. Estas, por sua vez, requerem menos desenvolvedores, o que é uma grande vantagem.

 

• Desenvolvimento Low-Code: menos código, mais solução

 

Quais as vantagens de investir em um ERP Low-Code

Para o desenvolvimento de plataformas Low-Code, você precisa principalmente de analistas de negócios para identificar os requisitos funcionais e, subsequentemente, modeladores que incorporam esses requisitos aos modelos. Como resultado, o desenvolvimento é em média dez vezes mais rápido do que com as ferramentas tradicionais.

 

A principal vantagem do Low-Code é que ele pode ser usado para desenvolver sistemas de gestão ou ERPs completos, que também podem se integrar de maneira flexível com outros aplicativos. Além disso, as plataformas de Low-Code são cada vez mais usadas por produtores de software para modernizar seus pacotes existentes. Isso significa que eles nunca terão que substituir seu software porque está desatualizado e podem modificar e expandir seu produto de forma muito mais fácil.

 

Ou seja, o ERP Low-Code facilita o entendimento das aplicações, dispensando treinamento adicional a cada atualização no sistema. Isso é possível porque a geração de aplicativos e softwares com menos códigos proporciona velocidade e flexibilidade na implementação de soluções mais intuitivas, que podem ser acessadas, inclusive por meio de colaboradores que não sejam especialistas em TI, otimizando a gestão como um todo.

 

No modelo convencional de codificação, acompanhar transformações ou evoluções operacionais significa reescrever o sistema de gestão, tanto para atualizar procedimentos, como no atendimento às novas demandas que surgem cotidianamente. Mas com um ERP Low-Code, ajustes podem ser facilmente agregados a uma solução já existente, permitindo modernização e implantação de recursos, bem como o aumento da escalabilidade, tudo sob medida para atender novas necessidades ou especificidades, sem perdas para a operação.

 

Outra grande vantagem de investir em um ERP Low-Code é investir em uma tecnologia a prova de futuro. Dados publicados pelas consultorias ITForum e Gartner apontam que até 2024, mais de 65% das aplicações serão Low-Code, com um crescimento médio de 40% ao ano.  O mercado de Low-Code no mundo deve movimentar US$ 13,8 bilhões em 2021, um aumento de 22,6% em comparação a 2020, quando a receita somou US$11.2 bilhões, de acordo com o relatório da Gartner.

 

Com isso, fica evidente que o ERP Low-Code é uma tendência no mundo dos negócios e com uma plataforma que possibilita um desenvolvimento mais dinâmico e fácil, a empresa ganha economia de tempo, flexibilidade para ajustar suas rotinas e agilidade nas tomadas de decisão.

Low-Code e Transformação Digital

Todo este aumento na busca por soluções Low-Code está diretamente relacionado a aceleração da Transformação Digital que estamos vivendo nos últimos dois anos.

 

A aceleração dos negócios digitais está pressionando os líderes de TI para aumentar drasticamente a velocidade de entrega de aplicativos e o tempo de retorno. O aumento da demanda por soluções de software customizadas em apoio à transformação digital e a falta de profissionais no mercado gerou o surgimento dos citizen development, expressão em inglês utilizada para se referir a profissionais que criam ou modificam softwares mesmo sem saber programar, o que só é possível graças as plataformas Low-Code.

 

O relatório da Gartner diz ainda que, em média, 41% dos funcionários fora da TI - ou tecnólogos de negócios - personalizam ou criam soluções de dados ou tecnologia e prevê que metade de todos os novos clientes de Low-Code virão de compradores de negócios que estão fora da organização de TI até o final de 2025.

CIGAM é um ERP Low-Code

Dos 5 maiores ERP do Brasil, o CIGAM é o único ERP que já possui suas regras de negócio escritas em Low-Code. A escolha por uma tecnologia que garantia atualização tecnológica futura lá em 1994 faz com que a CIGAM tenha hoje mais de 25 anos de experiência em programação low-code, oferecendo a seus clientes mais agilidade e facilidade.

 

• CIGAM, desenvolvido em plataforma Low-Code

 

De acordo com o CEO da CIGAM, Robinson Klein, o desenvolvimento com Low-code exige menos linhas de código e é muito mais fácil dar manutenção e evoluir o software. ‘Com um código menor é mais simples de entender e multiplicar conhecimento para equipe, que tem uma visão mais próxima do cliente e consegue gerar uma solução mais fácil de usar também’.

 

Consequência disso é uma solução mais completa, com mais funcionalidades e eficácia operacional. A garantia de atualização tecnológica garante aos clientes um ERP que usa as mais modernas tecnologias sem termos que reescrever o código, onde todo o esforço pode ser direcionado para melhorar a usabilidade e ampliar as regras de negócio.

 

Klein finaliza dizendo que: ‘Com o ERP Low-Code conseguimos desenvolver soluções rapidamente, por isso é possível no dedicar em trabalhar cada vez mais com inovação e ajudar nossos clientes em sua jornada de transformação digital, como maior velocidade e menores custos.’

Logo do WhatsApp