Home  /  Blog  /  Software de Gestão  /  NFe Produtor Rural, saiba qual software pode ajudar você

NFe Produtor Rural, saiba qual software pode ajudar você

Postado em 12/07/2019 às 14:20

Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Twitter Compartilhar no Pinterest Compartilhar no LinkedIn Compartilhar no Facebook

Desde outubro do ano passado a Nota Fiscal Eletrônica (NFe) deixou de ser exclusividade das empresas, podendo ser também emitida por produtores rurais. O principal objetivo da mudança é substituir a Nota Fiscal Avulsa Eletrônica (NFAe) e a nota fiscal em bloco impresso.

 

Segundo o Ministério da Economia, a legislação de cada unidade federada dispõe sobre os procedimentos para que o produtor rural possa emitir NFe e em alguns estados ela já é obrigatória. Na Bahia, a Nota Fiscal Eletrônica para produtores rurais é obrigatória desde 30 de junho e no Mato Grosso a partir de 1º de julho deste ano. Os produtores rurais de Rondônia têm até 31 de dezembro de 2019 para começar a emissão da nota fiscal eletrônica, e a partir de 1º de janeiro de 2020 ela passa a ser obrigatória também para o estado do Rio Grande do Sul.

 

Os demais estados ainda não divulgaram seus cronogramas, mas é importante se preparar visto que a intenção do governo é que até 2020 a NFe seja obrigatória em todo o país.

 

Atento a todas as datas e particularidades de cada estado, o primeiro passo para emitir uma NFe Produtor Rural é adquirir um Certificado Digital. Com ele, a validade jurídica de suas notas estará assegurada e você poderá utilizar a sua assinatura digital.

 

O segundo passo é se certificar de que o seu software de gestão atende às exigências da legislação. É através do software que as nota fiscais serão feitas e transmitidas para o servidor da SEFAZ. Esta é uma parte muito importante do processo, e por isso a necessidade de contar com um software prático, seguro e com suporte técnico sempre disponível, pois se ocorrer o preenchimento indevido da nota fiscal, o SEFAZ irá rejeita-la; trazendo muitos transtornos para o seu negócio.

 

O CIGAM está preparado para te ajudar neste processo

 

O CIGAM através do gerenciamento ponta a ponta da NFe, provê um grande controle integrado dos seus módulos, tornando a vida do produtor rural mais fácil e garantindo todos os tratamentos para o negócio, desde a entrada e saída de notas, efetuando todos os respectivos controles de movimentação de estoque, financeira, contábil e fiscal.

 

O gerenciador de NFe e a Pré Nota CIGAM facilitam o controle, a integridade e visualização das movimentações e garantem a qualidade da informação movimentada. Automaticamente, alimentam os demais módulos CIGAM, que executam tratamentos em tempo real, como por exemplo o Auditor Fiscal, que garante a elisão dos dados nas apurações e arquivos legais.

 

A terceira e última etapa é receber a autorização do SEFAZ. Cada estado possui um procedimento específico, que deverá ser feito no site da Administração Fazendária. Com o certificado digital adequado, o software de gestão com emissor de NFe Produtor Rural escolhido e o credenciamento realizado junto à SEFAZ, você estará pronto para começar a emitir suas notas.

 

Ainda tem dúvidas?
Converse com nossos especialistas

Comentários

E-mailTelefoneWhatsapp