Home  /  Blog  /  Produtividade  /  Inteligência Emocional

Inteligência Emocional

Sete dicas para desenvolvê-la no ambiente de trabalho

Postado em 27/06/2018 às 09:37

Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Twitter Compartilhar no Pinterest Compartilhar no LinkedIn Compartilhar no Facebook
Inteligência Emocional e ambiente de trabalho
Inteligência Emocional e ambiente de trabalho

A inteligência emocional é a capacidade de administrar as emoções para alcançar objetivos. A partir desta definição, é possível entender porque as pessoas devem saber lidar com seus medos, inseguranças e insatisfações em prol do êxito nas atividades.

 

No mundo corporativo, existe a máxima de que os profissionais são contratados geralmente por seus conhecimentos técnicos, mas demitidos por problemas comportamentais. Comumente, a dificuldade em se relacionar com os demais e não saber lidar com situações simples do cotidiano prejudicam e afetam a produtividade do indivíduo. Pensando nisso, desenvolver a inteligência emocional no trabalho pode se um grande diferencial.

 

A seguir, dicas valiosas para desenvolver IE.

 

  1. Observe e analise seu próprio comportamento e esteja atento quanto às suas reações frente a diferentes situações. Analisando suas atitudes, é possível compreender como elas impactam sua relação com as outras pessoas, estabelecendo mudanças quando esses resultados forem negativos.
  2. Aprenda a dominar suas emoções e controlar seus impulsos antes de se decidir ou se pronunciar quanto a assuntos importantes. Em momentos assim, exercícios de respiração e até mesmo uma breve meditação podem ajudar.
  3. Por mais difícil que seja, é de suma importância aprender a lidar com as emoções negativas (angústia, medo, raiva) e não deixar que elas dominem você.
  4. Acreditar no seu próprio potencial e aumentar sua autoconfiança são atitudes que podem ajudá-lo a trabalhar sua inteligência emocional. Diga a si mesmo que acredita em sua capacidade de superar obstáculos e mantenha a calma em momentos de crise.
  5. É preciso aprender a lidar com a pressão do dia a dia e não deixar que as emoções tomem o controle. Ao se sentir pressionado pelas cobranças do trabalho, procure relaxar e controlar a ansiedade. Atividades como ioga, natação ou dança podem ser muito úteis para aliviar essa carga.
  6. Controlar as emoções não significa reprimir sentimentos, pois é importante para a sua saúde mental expressar sua opinião e como você se sente. Contudo, no ambiente de trabalho, você deve encontrar o próprio equilíbrio para colocar seus pensamentos de forma equilibrada e racional.
  7. A falta de empatia é uma das maiores falhas da humanidade. Procure desenvolver esse sentimento, colocando-se no lugar do outro para tentar compreender as atitudes de outras pessoas. Assim, é possível praticar a tolerância e o respeito, seja no trabalho ou fora dele.

 

Gostou das dicas? Agora é hora de colocá-las em prática!

 

Fontes: https://bit.ly/2yM5CbF | https://bit.ly/2tIyZ93

Escrito por Paulo Passos, nosso executivo de contas da CIGAM Crescer.

E-mailTelefoneWhatsappSkype