search

CIGAM  /  Blog  /  Artigos

DGT investe R$ 100 mil em ERP da CIGAM

Implementação começou há pouco mais de um ano e está sendo realizada de forma gradual.

Por Redação

A DGT, gaúcha especializada em soluções de videomonitoramento, softwares inteligentes, controle de acesso e plataformas para smart cities, investiu R$ 100 mil na adoção do ERP da CIGAM, fornecedora de software de gestão empresarial.

Com a plataforma anterior, que não foi revelada pela companhia, era preciso utilizar processos manuais e planilhas em Excel para tarefas críticas, como controlar o estoque, aferir custos e acompanhar o andamento dos trabalhos. Assim, a DGT percebia dificuldades em visualizar com precisão o centro de custos e controlar entrada e saída de insumos. Além disso, lidar com arquivos manipulados por diferentes setores reduzia a confiabilidade na execução dessas operações.

A companhia decidiu, então, migrar para a solução que avaliou como mais aderente às necessidades operacionais e iniciou a implementação há pouco mais de um ano. Ela será realizada de forma gradual, até o sistema ser utilizado por todos os departamentos.

Segundo a empresa, já é possível mensurar ganhos da nova plataforma, como a visualização da movimentação financeira, da rentabilidade dos orçamentos e das projeções de fluxo de caixa, tudo em tempo real - mas os resultados poderão ser mensurados efetivamente após a implementação do módulo Business Intelligence

"O BI será a cereja do bolo e certamente será um grande diferencial competitivo", afirma Henrique Bohnenberger, gerente administrativo da DGT.

O executivo conta que a plataforma anterior apresentava diversos gaps que dificultavam o trabalho, especialmente nos setores de orçamento, projetos e contabilidade. Além disso, era preciso trabalhar com uma terceira empresa para atuar como interface entre a DGT e o ERP.

"Trabalhamos com muitas licitações, que dependem de orçamentos assertivos, por isso, enxergar just in time o fluxo dos materiais é crucial para alinhar o budget previsto com o valor efetivo do projeto", explica Bohnenberger.

Na visão do gerente, a CIGAM apresentou segurança nas demonstrações práticas, transparência na descrição técnica, usabilidade das soluções e garantia do atendimento às necessidades mais específicas da DGT. Uma delas é o módulo de gestão de projetos, que promete maior fidelidade na especificação de orçamentos e melhor controle do fluxo financeiro.

Usamos cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao continuar navegando, você concorda com o uso dos cookies. Leia nossa política de privacidade para saber mais.

whatsapp Vendas por WhatsApp

Fale conosco no WhatsApp