Home  /  Blog  /  Gestão  /  5 passos para inovar dentro de uma organização

5 passos para inovar dentro de uma organização

Postado em 05/02/2020 às 16:11

Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Twitter Compartilhar no Pinterest Compartilhar no LinkedIn Compartilhar no Facebook

Inovação é um tema que todo mundo entende que é importante, todo mundo quer inovar, mas nem todo mundo consegue inovar e o grande desafio da inovação é justamente ter um ambiente controlado dentro da organização e ao mesmo tempo um ambiente flexível que permitam que novas ideais fluam.

 

1. O principal ponto da inovação é entender onde é preciso inovar. Tudo dentro da empresa pode ser inovado, mas a prioridade tem que ser onde se tem um maior desperdício de tempo. Uma boa forma de conseguir identificar esse tipo de situação é contar com um bom sistema de gestão que mostre estes tipos de gargalos e permita com que se faça uma análise. Desta forma a inovação se torna mais fácil.

 

2. O segundo passo para a inovação é ter a capacidade de ser resiliente o suficiente para aceitar novas propostas, novos modelos e quebrar um conceito impregnado dentro da organização. Esta talvez seja a parte mais difícil: romper uma cultura e implementar novas ideias; mas em geral é aí que surgem as grandes inovações que fazem diferença para a organização.

 

3. Outro aspecto importante da inovação é que ninguém inova sozinho. Cada um de nós tem experiências e conhecimentos diferentes. Temos formas diferentes de absorver e processar esse conhecimento. Quando a gente consegue trocar e reunir ideias, gera uma faísca e é a partir dessa faísca que a inovação acontece.

 

Ou seja, não dá para inovar sozinho. É preciso estar aliado com parceiros, com clientes, com fornecedores, com o mercado e com outros players para poder realmente ter um insight. Entretando, ideias sozinhas não bastam. É preciso investir nessa ideia e não desistir facilmente porque, afinal de contas, se não houver riscos não é inovação.

 

4. Para que a inovação flua dentro da organização é necessária uma empresa com gestão. Inovar exige investimento, capital humano, capital externo e interação com terceiros. A melhor parte é que não existe segredos para inovar. A inovação não precisa ser disruptiva, ela não precisa romper totalmente com o modelo existente, ela pode ser a melhoria de um processo ou a melhoria de um produto, normalmente é assim que começa.

 

5. Por fim, quando falamos de inovação temos que pensar especialmente: Onde que eu preciso ganhar tempo? Como eu posso fazer mais com os recursos que eu tenho? Acredito que está é melhor dica. Todas as grandes ideias inovadoras são aquelas que conseguiram facilitar a vida de grandes massas, mas sabemos que criar algo, todo dia e que agrade todo mundo não é tão simples. Podemos começar este processo dentro da nossa organização, que é muito mais fácil.

 

Uma vez feito isso, podemos ir além e estender isto para os nossos clientes. Entender quais os aspectos mais importantes para eles, onde é possível gerar uma redução de esforços e ajudar ele a melhorar cada vez mais os seus processos. Este é o ponto principal de inovação; é assim que vamos crescer no mercado!

 

 

Robinson Klein
CEO da CIGAM SOFTWARE DE GESTÃO

Comentários