Home  /  Blog  /  CIGAM  /  Case de Sucesso: NUT Bebidas

Case de Sucesso: NUT Bebidas

Postado em 16/11/2017 às 12:21

Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Twitter Compartilhar no Pinterest Compartilhar no LinkedIn Compartilhar no Facebook

Antes de adotar a solução CIGAM, a empresa apresentava diversos erros operacionais na emissão de pedidos e notas fiscais por falta de padronização dos processos e pelo aumento significativo no volume de informações.

 

A NUT Bebidas, que é atendida pela unidade CIGAM Repullo, escolheu o CIGAM justamente por ser uma solução com uma tecnologia de banco de dados superior aos sistemas que já existiam na empresa e para comportar o crescimento previsto no planejamento estratégico, o que exigia maior controle e eficiência.

 

Carlos Natividade, controller da NUT Bebidas, cita que a empresa utiliza o sistema nos setores financeiro, faturamento, produção, compras, expedição, comercial e fiscal e sente que o CIGAM ajudou muito na disseminação das informações entre as áreas, facilitou a consolidação das informações gerenciais e na adaptação à outras tecnologias de mercado.

 



 

"Em 2018, com a ajuda da solução CIGAM, pretendemos aumentar o volume de produção e o alcance de nossos produtos em território internacional e alavancar ainda mais as produções e envazes para terceiros"

 

Carlos Natividade
Controller da NUT Bebidas

 



 

Sobre a NUT Bebidas

 

A NUT Bebidas é uma indústria no ramo de bebidas prontas e semi-prontas para consumo e terceirização de produção para marcas próprias. A grande diferenciação da empresa é na qualidade da água utilizada na fabricação do produto final, bem como a matéria-prima de primeira linha. Atualmente, a NUT Bebidas está sediada no Rio de Janeiro e tem alcance nacional, estando nos maiores atacados e distribuidoras do país.

 

Com aproximadamente 60 funcionários, o faturamento no ano de 2016 foi de R$9,5 milhões e em 2017, até este momento já ultrapassaram esta marca em aproximadamente 10%. A empresa acredita que em 2018 obterá um crescimento anual na mesma faixa, podendo chegar a 15%.

Comentários